...E um pouco por mim, numa tentativa (quem sabe vã) de aliviar o sufoco que sinto por te amar.

27
Ago 08

Já há uns dias que não consigo escrever nada... talvez porque nem sei por onde (re)começar!

 

Foi muito bom voltar a estar contigo, foi mesmo maravilhoso! Sinto-me tão viva quando estou contigo, meu amor...!

 

Agora vem a dor da tua ausência, a preocupação de teres voltado a desaparecer sabe-se lá por quanto tempo... e depois do que conversámos não entendo porque fazes isto... não desapareças antes de mim, é só o que te pedi!

 

Deixa-me amar-te mesmo que não me ames de volta, deixa-me sentir as tuas mãos nas minhas...

 

Já te disse que aprendi com uma pessoa com quem estive que não podemos exigir sentimentos de outra pessoa, por isso já sabes que não te peço sentimentos de volta baby!...

Eu amo-te e não consigo parar, não consigo deixar de te amar mesmo sabendo o que sei. Não me condenes por isso nem te afastes pensando que assim me fazes esquecer-te!

 

É por te amar que me sinto viva e este amor jamais me magoará...!

 

Preciso tanto de ti... preciso tanto de falar contigo, de te ouvir, de te abraçar, de chorar junto a ti... não me deixes assim, não me deixes já, não me deixes na dolorosa ignorância, não me baralhes desta forma...

publicado por Porque te amo... às 14:34
sinto-me...: tão triste...
tags:

Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
16

17
20
21
22
23

24
25
26
28
30

31


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO