...E um pouco por mim, numa tentativa (quem sabe vã) de aliviar o sufoco que sinto por te amar.

17
Dez 09

E a nossa história também.


Deixas-me sem palavras ao ver que destróis tudo em teu redor...

Deixar de te amar? Talvez nunca a 100% mas acredita que o sentimento que me unia a ti está mais fraco a cada dia.

De nada vale desperdiçar energias a pensar em ti quando tu nem para trás olhas... não mereces este amor e a distância que nos volta a marcar ajuda a que tudo passe. "Longe da vista, longe do coração", não é assim que dizem? Assim continuará a ser...


Ficam a dureza das tuas palavras e a saudade de quem já foste... não a saudade de quem és hoje. Nunca me vou esquecer do que disseste à S. sobre mim e que não a querias a andar junto comigo... mas pensa lá bem qual de nós os dois é pior!

Também não te vou esquecer, vou apenas continuar a deixar (cada vez mais) de me lembrar de ti...


Este blog fica por aqui, porque tal como o meu amor por ti... não vale apena continuar.

Tudo tem um princípio, um meio e um fim... o nosso chegou.



Sê feliz com o teu filho e a mãe dele...

publicado por Porque te amo... às 14:27
sinto-me...: Com pena de ti
música: Breathe Slow

23
Set 09

Hoje escrevo apenas porque sonhei contigo... e acordei de lágrimas nos olhos...

 

Sonhei que tinha nascido a nossa filha. Nós não tinhamos nenhuma relação, mas a filha era nossa e não era segredo que eras o pai pois fiz questão que lhe desses o nome e participasses na vida dela.

Quando o sonho acabou tinhamos acabado de ter uma discussão porque eu tinha ido com ela à vacina e não te levei connosco... tu entraste danado comigo pelo hospital dentro e acabámos a discutir porque eu não tinha conseguido falar contigo no dia anterior para te avisar da vacina.

 

Ela era tão linda... tão perfeita... e a gravidez tinha sido tudo o que sempre esperei...

Acordei a chorar por ter discutido e depois por perceber que tudo não passou de um sonho e eu continuo de mãos vazias...

publicado por Porque te amo... às 11:02
sinto-me...: triste,vazia,imcompleta
música: O poder de sonhar

08
Set 09

Pela segunda vez, magoas uma mulher que te ama verdadeiramente... oxalá te sintas pior!

 

Ela amava-te sem ser louca, sem te pedir mais do que te ergueres e recomeçares a tua vida... e pedia-te somente que a amasses de volta. Foi muito?!

 

"Eu quando gosto de alguém tenho paciência para aturar tudo e mais alguma coisa." Foi com esta frase que me fizeste acreditar que serias tu a pessoa que ia realizar os sonhos dela... para quê? Para quê estas palavras???

Porra para ti mais à tua mestria de magoar as pessoas que te amam! Sim, porque também eu estou magoada com esta situação. E tu sabe-lo muito bem... bem demais até.

 

Não tinhas o direito... mas olha que a tua factura está a caminho!

Se querias vingança... é melhor nem ir por aí, senão sinto-me capaz de te matar... pela primeira vez desde há muito sinto-te raiva e gostava de te conseguir tirar de dentro de mim assim, mas não consigo. Sinto raiva por ti e por mim! Raios te partam!

 

Já olhaste bem para ti? Já viste a idade com que estás para estares nessa impassividade? Luta! Levanta-te dessa merda onde te puseste!

Dava tudo para estar frente-a-frente contigo neste preciso momento... para ouvires tudo o que tenho para gritar contigo e responderes (se bem que duvido que fosses capaz). Provavelmente ia sair daí pior que tu, mas isso pouco me interessava!

 

Hoje não és o meu anjo. Hoje és o demónio que magoou a minha melhor amiga, que a fez sentir-se a pior pessoa do mundo ontem à noite e que a fez chorar como eu choro agora... por ti, por ela, pelo nós que já não existe há muito... e por mesmo assim ainda te amarmos.

Estúpido tu, por não teres percebido a sorte que tens...

 

 

Até um dia destes, seu idiota...

publicado por Porque te amo... às 12:05
sinto-me...: triste,magoada,desiludida
música: Straight from the heart

09
Ago 09

"6 de Agosto de 1997

(...) Fui fazer o teste de gravidez ontem e o resultado foi o que eu esperava: positivo.

(...) ela disse que ia comigo fazer o aborto, uma vez que o ... se negou a isso. No meio disto, a pessoa que mais me devia apoiar (o meu namorado) é quem me desapoia mais e me ajuda menos... é estúpido, não é? (...)"


Estúpida fui eu por não conseguir compreender o porquê de não me apoiares, o porquê de teres fugido e apanhado tantas bebedeiras nesses dias seguintes, misturadas com não sei quantas ganzas...

Se soubesses o quanto dói hoje, o quanto gostava de voltar atrás 12 anos na minha vida. A tua ausência dói por demais, anjo... dói a cada minuto, a cada memória, a cada tristeza que a tua namorada me conta que lhe fizeste. Dói e vai doer sempre, eu sei que sim.

Volto a chorar pelo filho/a que ambos perdemos, ao qual eu cobardemente voltei as costas e não mais quis saber... sem sonhar até hoje o quanto te magoei ao fazê-lo.

Nunca se esquece um aborto, quer se tenha concordado com ele ou não. Simplesmente não se esquece. Faz hoje 12 anos que tudo aconteceu, 3 dias depois de saber que estava grávida...

E nestes dias ainda menos consigo esquecer... não, os anos não ajudaram a esquecer. Os anos ajudaram apenas a que me lembrasse cada vez mais da merda que fiz.

Dava tudo por um abraço agora, pelo teu abraço e nada mais.

Amo-te, até que a morte me separe definitivamente de ti... ou me traga de novo a ti.

Eternos beijos, meu amor... e desculpa, mais uma vez. Não perdoes, mas desculpa...

publicado por Porque te amo... às 12:05
sinto-me...: Um nojo
música: Angel (Sarah McLachlan)

23
Jul 09

 

 

 

Dizes que não és capaz de sentir nada e eu não tinha porque te contradizer. Afinal, também eu estou desprovida de sentimentos que não sejam por ti...

 

No entanto... se assim é...

Porque me fizeste sentir que sentias exactamente o mesmo que eu naqueles momentos? Porque carregaste todas as tuas palavras com sentimentos, nas conversas que tivemos e nas músicas que tu "inocentemente" me passaste?
Não digas que não sentiste, o teu corpo não deixou esconder e muito menos o teu olhar. Podias não querer e negá-lo, mas há coisas que são impossíveis de esconder! É mais ou menos o que acontece quando me tento esconder de ti com um sorriso...

O que andas a fazer com a S.? Se te apaixonaste como afirmaste, então porque a magoas? Não posso dizer o que sinto, mas para mim a verdade é outra... oxalá eu esteja enganada...

Não te escondas nem te tentes defender atrás da solidão em que te pões. Diz logo o que queres ou não queres, antes que pensem que até te estás a divertir com tudo isto...

 

 

 

Beijo de que te ama

publicado por Porque te amo... às 11:52
sinto-me...: C/certezas confusas
música: Stuck on you

16
Jun 09

"Gravity" (by Sara Bareilles)

 

Something always brings me back to you.
It never takes too long.
No matter what I say or do

I still feel you here 'til the moment I'm gone.

You hold me without touch.
You keep me without chains.
I never wanted anything so much

Than to drown in your love and not feel your rain.

Set me free, leave me be.

I don't want to fall another moment into your gravity.
Here I am and I stand so tall,

Just the way I'm supposed to be.
But you're on to me and all over me.

You loved me 'cause I'm fragile.
When I thought that I was strong.
But you touch me for a little while

And all my fragile strength is gone.

Set me free, leave me be.

I don't want to fall another moment into your gravity.
Here I am and I stand so tall,

Just the way I'm supposed to be.
But you're on to me and all over me.


I live here on my knees as I

Try to make you see that you're

Everything I think I need here on the ground.
But you're neither friend nor foe though I can't seem to let you go.
The one thing that I still know is that you're keeping me down


Keepin' me down

You're on to me, on to me

And all over 

Something always brings me back to you

It never takes too long

 


 I think no more words are required... I still can't stop this, no matter how much it's killing me, I need you...

                                             I LOVE YOU, ANGEL...

publicado por Porque te amo... às 12:35
sinto-me...:
música: Gravity

15
Mai 09

"... :

 

Eu sei que te fiz muitas coisas que te magoaram, só depois de acabares comigo é que eu me apercebi das coisas, da maneira que te tratava, das traições, tudo. Eu não te peço desculpa, porque isso já fiz muitas vezes e desta não tenho perdão.

Espero que tenha corrido tudo bem em relação ao aborto, acredita que eu gostava muito de ter estado contigo ao teu lado para te apoiar.

A aliança vai junta com a carta, podes fazer o que quiseres dela, mas gostava muito que a guardasses contigo.

A minha aliança não vai sair do dedo, como eu não posso ter para mim, pelo menos posso imaginar isso.

Eu só vou pedir uma única coisa, peço-te que me deixes ter uma conversa contigo, não eu não peço, eu imploro-te.

No caso de não aceitares quero que saibas que não consigo viver sem ti e que foste e és a única rapariga que amei e continuarei a amar em toda a minha vida.

 

Espero que aceites estes míseros beijos deste anormal que te ama muito.

 

      Amo-te"


 

Eu não quero, mas as lágrimas escorrem-me pela cara ao re-ler estas palavras tuas... estão todas guardadas numa caixa que chamo de "caixinha das memórias".

Tudo o que escrevi foi uma cópia integral de folhas rasgadas de um caderno que usavas para escrever tudo e mais alguma coisa... não retirei um único ponto, parágrafo ou vírgula... apenas o meu nome e o teu.

 

Como sabes, guardei a minha aliança até aos dias de hoje. Olho-a diversas vezes com o mesmo carinho e amor de sempre...

Onde deixaste todo este amor? Como fizeste para te separar dele?

Não consigo ter essa força, se assim lhe pudermos chamar... amo-te ainda por demais...

 

Porque continuamos a querer tanto quem não podemos ter?

Porra de lágrimas teimosas...

publicado por Porque te amo... às 21:27
sinto-me...: a morrer aos poucos...
música: Dead & Gone

"A saudade

 

Cheirava o teu

Perfume,

Olhava a tua foto,

Lia as tuas cartas,

Falava contigo ao telefone

E ouvia a tua voz.

Agora,

Que nada disso acontece

E eu só olho a tua foto,

E leio as tuas cartas,

A saudade aumenta

E a alegria diminui,

Procuro-te no meu coração

E lá estás tu

A sorrir.

Olho à minha volta

E não te encontro.

Onde estás?

Tenho saudades.

Quero falar-te.

____________________________________

 

Amor é expressão,

Sentimento,

Realização,

Reciprocidade,

Dedicação,

Espontaneidade,

Expectativa,

Prazer e,

Sobretudo,

Vida.

Amo-te.

____________________________________

 

Ser homem não é aquele que conquista muitas mulheres, mas aquele que conquista muitas vezes a mesma mulher.

____________________________________

 

Não quero ser na tua

Vida o inicio de um fim,

Nem o fim de um

Começo. Quero ser o

Inicio de um começo

Sem-fim.

____________________________________

 

A distância, a saudade e a tua falta fizeram-me amar-te ainda mais.

Amo-te.

____________________________________

 

Amar é sofrer um

Instante de saudade, é

Sentir um segundo de

Ciúme, e viver um

Momento de paixão.

Se não existisses, eu

Não teria aprendido a

Amar de uma maneira tão

Bonita, especial.

____________________________________

 

Nem todas as palavras do mundo conseguirão exprimir o que sinto por ti; Nem todos os segundos de inúmeras horas serão suficientes para estar ao teu lado.

____________________________________

 

Quando pensares em ferir

O meu coração, pára e

Pensa bem... tu

Estás dentro dele.

____________________________________

 

Tu és a página

Mais linda

Que o destino

Escreveu na minha vida."

 


Este papel é o único que tem data: 13 de Julho de 1997.

Já só falta uma...

publicado por Porque te amo... às 21:04
sinto-me...: a entristecer
música: Human

"... , não tenho muito jeito para estas coisas, mas, espero que gostes.


O tempo passa

E jamais volta.

A solidão mantém-se

Gelada no fundo do meu ego

Mas,

O amor, esse fica para sempre

_______________________________________


Hoje acordei com

Vontade de te ver,

De te olhar,

De te amar.

Mas como estás longe,

Fico só pelo desejar...

Que estejas perto,

Que me olhes,

Me abraces e me ames

Como eu te quero amar.

_______________________________________

Este, para mim, é o melhor e também o que se aplica mais ao acontecimento. Apesar de não ser da minha autoria, achei que te devia dedicá-lo.


"Procuro-me"

Hoje não sei de mim

Pois estou longe de ti;

E procuro o teu olhar

E essa boca tão louca.

Os traços desse teu corpo,

O calor desse teu rosto,

E o sorriso

Esse é tão aberto

E tão lindo

Que até me deixa encantado

E enfeitiçado e me perco

Nos caminhos das tuas aventuras

Que me deixam fascinado.

E nos traços da tua boca

Tão sensual e tão louca

Me perdi

Por isso eu hoje não sei de mim.

______________________________________________


Se os olhos dissessem

O que o coração sente

Estaria pronto a dizer-te

Que te amo loucamente

______________________________________________


O sonho faz parte da vida,

Por isso luta sempre por aquilo que queres.

Só é impossível aquilo que tu não quiseres.

______________________________________________


Se amar é viver, vivi

Além da vida, porque

Te amo além do amor

Fica comigo e ama-me

Como eu te amo.

_______________________________________________


Se eu pudesse governar

Teus olhos, queria que

Fosse assim: fechados

Para todo o mundo

Abertos só para mim

_______________________________________________

Este é para finalizar


Os teus olhos são lindos,

A tua boca é mel,

O teu cabelo é uma ceara de trigo

Amo-te... desde a ponta do pé

Até à ponta mais espigada do cabelo.

Grandes e longos beijos.

_________________________________________________

Espero que tenhas gostado.


P.S.- Espero que desculpes os erros possíveis que houverem."


 

Se gostei? Amei... amei tudo, meu anjo...

publicado por Porque te amo... às 20:45
sinto-me...: ...
música: Gravity

"Para (...), o amor da minha vida

 

... , Desculpa não ter ido ter contigo, mas a caminho de tua casa o chapéu partiu-se e molhei-me todo por isso fui para casa e já não saio. Depois telefono-te ou telefonas-me tu.

Espero que gostes do presente e da 2ª parte da carta.

 

My love:

Como já te disse, o que quero neste momento é resolver as coisas entre nós.

Apesar de ontem não ter demonstrado, atrofiei um bocado com os olhares que mandaste ao Paulo A. quando ele estava a ver as coisas da Xana. Mas como te disse, não há problema.

A carta vai ser muito curta porque não tenho muita coisa para dizer.

Espero que gostes da pequena surpresa que te espera em casa.

 

Do teu eterno admirador (e espero que também seja eterno namorado)

...

I love you"

 


Esta surpresa foi um urso de peluche, lembras-te?

Não há retrato mais fiel nosso do que este e os próximos post's...

 

Amavas-me como eu te amo... que parva fui...

publicado por Porque te amo... às 20:29
sinto-me...: com vontade de...sei lá!
música: Give it to me

Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO